9 maneiras de aliviar o stress do dia a dia

0
443
aliviar o stress
Trouxemos dicas cientificamente comprovadas para te ajudar a aliviar o stress- e praticar yoga é uma delas!

Todos nós passamos por dias mais estressantes, e saber lidar com eles é essencial para nossa saúde mental, que impacta diretamente em nosso bem-estar físico. Por isso, hoje te contamos 9 maneiras de aliviar o stress do dia a dia.

Como aliviar o stress do dia a dia

1 – Realize atividades físicas

As atividades físicas são um dos grandes aliados no combate ao stress, já que reduz nossos níveis de cortisol (também conhecido como “hormônio do stress”) e ajuda a liberar endorfinas no cérebro, hormônios que inibem a irritação e contribuem para a sensação de satisfação e de felicidade (chamadas de “hormônio do bem-estar”).

Marque já seu treino na Bio!

2 – Respire de forma adequada

Quando ficamos nervosos, nossa respiração tende a ficar curta, rápida e sem foco, o que contribui para diversos problemas, como ansiedade, depressão e até pressão alta. Um estudo espanhol de 2015 mostrou que uma terapia baseada em técnicas de respiração controlada ajudou a diminuir os níveis de cortisol em pessoas de 55 a 65 anos. 

“Inspire pelo nariz contando até cinco, e expire pela boca contando até 10. Quando se respira lenta e profundamente, oxigena-se as células cerebrais e a pessoa se tranquiliza”, explicou a psicóloga Marilda Lipp, diretora do IInstituto de Psicologia e Controle do Stress (IPCS) ao site do Hospital São Domingos

3 – Sorria

Pode ser difícil sorrir em um momento de stress, mas que tal tirar 20 minutinhos off e assistir a um episódio da sua sitcom preferida, por exemplo? Rir e sorrir ajudam a liberar dopamina, endorfinas e serotonina no cérebro. Estas, por sua vez, reduzem o ritmo cardíaco e diminuem a tensão arterial, o que ajuda a combater o stress e a irritação. 

E o sorriso pode até ser falso, sabia? Um estudo mostrou que nosso cérebro não sabe a diferença entre um sorriso verdadeiro e um forçado: tanto as pessoas realmente sorridentes quanto aquelas que seguravam pauzinhos em suas bocas para formar um sorriso relataram diminuição das frequências cardíacas durante uma tarefa estressante. 

4 – Leia

Ler por apenas seis minutos reduz em 68% nosso nível de stress, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Sussex, na Inglaterra.

Ao site The Telegraph, o neuropsicólogo cognitivo Dr. David Lewis explicou que os motivos para que isso ocorra são a concentração que a leitura exige e distração do dia a dia que ela proporciona. 

5 – Faça gargarejo com água

De acordo com a Draª Heidi Hanna, diretora executiva do American Institute of Stress, o nervo vago (estrutura cerebral que liga o cérebro com a medula espinal, sai do crânio por uma abertura chamada de ˜forame jugular, desce pelo pescoço e tórax e termina no estômago) é longo e móvel, o que facilita a resposta de relaxamento, o chamado sistema nervoso parassimpático.

“Quando estamos presos em estresse crônico, podemos ser ‘sequestrados’ por nossa resposta ao estresse —ou sistema nervoso simpático —e, semelhante aos músculos que ficam sem uso por um longo período de tempo, o nervo vago pode perder sua força ou tônus. O gargarejo estimula os nervos, aumentando sua capacidade de mudar para um estado de calma”, disse ela ao site da revista Men’s Health.

6 – Redirecione o foco para outra pessoa

Quando estiver muito estressado, uma boa tática é ligar para um amigo, cozinhar uma receita gostosa para alguém especial ou participar de um trabalho voluntário, por exemplo.

É o que mostram os resultados de um estudo publicado no American Journal of Public Health. Quando você desvia sua atenção para outra pessoa, isso diminui seus níveis de estresse, reduzindo os efeitos cumulativos que ele pode ter sobre sua saúde. 

Ainda de acordo com o estudo, aqueles que ajudam outras pessoas têm menos probabilidade de morrer após passar por eventos estressantes.

7 – Fique um tempo offline

Ficar constantemente checando seu celular apenas ajuda a te deixar mais estressado, de acordo com uma pesquisa realizada pela American Psychological Association (APA).  O indicado pelos especialistas é se desconectar durante 10 minutos ao menos duas vezes por dia, já que isso ajuda a reduzir a pressão arterial e a frequência cardíaca.

8 – Pratique yoga

Quem pratica o yoga sabe bem que ele ajuda muito a relaxar e reduzir o stress. Inclusive já mostramos os tipos de yoga e os benefícios de cada um por aqui.

Mas um estudo recente mostrou que a prática aumenta os níveis de uma substância química do cérebro chamada BDNF, que desempenha um papel importante em muitas áreas — desde inflamação e regulação do humor até a resposta ao stress.