Automassagem pós-treino para relaxar os músculos

Ela evita dores, ajuda na recuperação e é ótima para descansar após a academia

0
857

Pode reparar: na linha de chegada de cada maratona ou meia maratona existe uma tenda de massagem —  e uma fila de corredores esperando sua vez. Mas você sabe os motivos para massagear os músculos após um treino pesado? “A automassagem nos ajuda a preservar o corpo após os exercícios”, explica Guilherme Marques, fisioterapeuta da Kinex Fisio, espaço de massagem com unidades dentro da Bio Ritmo Paulista e Bio Ritmo Chácara Santo Antônio. Nós te explicamos como ela trabalha na musculatura e ainda ensinamos como fazer uma automassagem segura depois da academia!

Motivos para fazer uma massagem após o treino

Redução da dor

Em um estudo recente, pesquisadores colocaram 11 voluntários ​​em um treino extenuante — do tipo que é quase difícil de terminar. Para ver os efeitos da massagem nos músculos, eles fizeram biópsias musculares das pernas antes e depois da massagem pós-treino e viram que ela afeta um gene específico que diminui a inflamação causada por exercícios, com um efeito semelhante ao alívio que você obtém com certos medicamentos para a dor. E essa redução diz respeito tanto à dor imediata quanto à que aparece após alguns dias.

Desenvolvimento muscular

Existem outras maneiras de reduzir dor nos músculos após um treino, como banho de gelo ou medicamentos antiinflamatórios, mas elas tendem a bloquear a reparação e o crescimento muscular. A massagem, como mostra o estudo da McCaster University (Canadá), não apenas faz você se sentir melhor mas os pesquisadores também descobriram que ela não diminui a quantidade de ácido láctico nos músculos (um dos ativos que trabalham no crescimento do músculo).

Recuperação muscular e do desempenho

Um estudo da Ohio State University (Estados Unidos) descobriu que a massagem melhora o tempo que leva para o músculo se recuperar, com menos evidências de inchaço e inflamação. 

Nessa pesquisa, o músculo massageado após o treino recuperou 60% da sua força enquanto o não-massageado recuperou 15%. O inchaço também foi bem menor: o músculo massageado pesa 8% menos que o não-massageado.

Automassagem para o pós-treino

Guilherme ensina alguns princípios básicos para você conseguir fazer uma massagem em si mesmo após um treino mais pesado:

  • “Para começar, é ideal ter alguns objetos fundamentais, como uma bolinha de massagem ou um rolo de liberação miofascial”;
  • “Aplicando uma pressão leve a moderada contra o músculo, deslize o objeto pela musculatura que está tensa focando, principalmente, nos pontos de dor”;
  • “Faça movimentos circulares e de vai-e-vem por cerca de um minuto e meio para cada região”;
  • “Evite áreas ósseas, em que você sente o osso muito facilmente, sem a camada de músculo por cima. Isso pode piorar a dor e não é recomendado”;
  • E, por último, “na dúvida, sempre procure ajuda de algum profissional qualificado.” Nas unidades Bio Ritmo Paulista e Bio Ritmo Chácara Santo Antônio você encontra o Espaço Kinex Fisioterapia, com profissionais disponíveis para aplicar uma massagem adequada após um treino pesado. Clique para saber mais!