O que priorizar no café da manhã para ganhar músculos

0
425
o que comer no café da manhã

Confira o que comer no café da manhã (considerado uma das refeições mais importantes do dia) para atingir o objetivo

Para garantir a hipertrofia (aumento de tamanho e volume dos músculos do corpo), não basta apenas focar nos treinos. Um cardápio balanceado também é essencial.

E não pense que são só as proteínas que garantem músculos maiores e mais fortes, viu? “Precisamos também do carboidrato, pois ele potencializa a síntese proteica e recupera e desenvolve a musculatura corporal”, diz a nutricionista Fúlvia G. Hazarabedian, head do programa Bio Nutri.

Dentre todas as refeições do dia, a primeira delas (o desjejum) deve ser bem caprichada, uma vez que, enquanto dormimos, gastamos as nossas reservas corporais de nutrientes. Um artigo da Faculdade de Nutrição da UFG (Universidade Federal de Goiás), fala, por exemplo, que nosso organismo consome de 40 a 60 calorias por hora de sono.

Por isso, ao acordar, é preciso repor os combustíveis que foram embora. Se você vive em dúvida sobre o que comer no café da manhã para ganhar músculos, a nutricionista dá um exemplo simples e completo:

O que comer no café da manhã para ganhar músculos?

1 – Ovo:

“Ele tem alto valor proteico, vitaminas do complexo B e antioxidantes (vitaminas A, E e D). Além disso, é rico em minerais como o selênio e o zinco”;

2 – Banana:

“Caprichada em carboidrato para repor nossa energia, também contém potássio e magnésio, minerais importantes para o desenvolvimento muscular e para prevenir as famosas (e dolorosas) cãibras. As fibras presentes nesse alimento favorecem a saciedade, ajudam o intestino a funcionar melhor e diminuem os níveis de colesterol no sangue. Seus poderosos antioxidantes retardam o envelhecimento e a vitamina B6 reforça o sistema imunológico”;

3 – Aveia (em grãos ou flocos):

“É reconhecidamente um cereal com capacidade energética. Aumenta a nossa resistência física e controla a glicemia. Possui vitaminas do complexo B e minerais cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, cloro, magnésio e manganês;

4 – Café:

“A cafeína potencializa a performance no treino por ter efeito estimulante.”

Fúlvia fala que as quantidades de cada item variam de pessoa para pessoa — somente o seu nutricionista poderá indicar as porções certas para você de acordo com seu peso, idade e grau de atividade física.