5 exercícios cardio de baixa intensidade

0
1167
exercícios cardio de baixa intensidade
Polichinelo é exemplo mais conhecido de exercício cardio de baixa intensidade

O emagrecimento é um dos objetivos principais de muitas pessoas que treinam, e os exercícios cardio (diminutivo para “cardiovasculares”) são grandes aliados nessa jornada. 

Alguns deles, como corrida avançada e natação, por exemplo, são de alta intensidade, o que pode causar certo stress para o corpo, e por isso recomenda-se que sejam feitos com intervalos de 48 horas. 

Pensando nisso, trouxemos aqui 5 exercícios cardio de baixa intensidade para te ajudar nos dias em que precisar pegar mais leve nos treinos.

O que são exercícios cardio?

Exercícios cardio são os também chamados aeróbicos, nos quais os grupos musculares do corpo necessitam de mais oxigênio durante sua execução, o que aumenta a frequência cardíaca e, ao longo do tempo, fortalece o sistema cardiovascular e aumenta a capacidade pulmonar.

Geralmente, esse tipo de treino é realizado utilizando apenas o peso do próprio corpo. Alguns exemplos incluem corrida, caminhada e natação. Alguns, ainda, podem ser feitos com a ajuda de algum equipamento, como andar de bicicleta, patinete, skate etc. Na Bio, a maioria das aulas Les Mills são ótimos exemplos.

Os benefícios dos exercícios cardio

Os benefícios dos exercícios cardio incluem, atém do fortalecimento do sistema cardiovascular, diminuição do stress, melhora do sono e mais disposição. Também são de grande ajuda no combate a algumas doenças cardiovasculares e pulmonares. 

O que são exercícios de baixa intensidade?

São aqueles que exigem menos esforço físico, além de serem realizados em um tempo maior — o que oferece menos riscos de lesões.

As diferenças entre exercícios cardio de baixa e alta intensidade

Os benefícios dos exercícios cardio de baixa e alta intensidade são basicamente os mesmos.  “O que diferencia um do outro, na maioria dos casos, é o tempo para atingir o resultado proposto”, explica Luan Rodrigues, gerente do departamento técnico da Bio Ritmo.

As principais diferenças estão relacionadas à maneira de realizar os exercícios e o tempo de treino. “Treinos de baixa intensidade têm uma duração maior. Já os treinos de alta intensidade são realizados em menos tempo”, diz ele.

Os exercícios de baixa intensidade são os mais recomendados para quem está começando a se exercitar agora?

De acordo com Luan, sim. Porém, é importante entender a realidade de cada individuo para recomendar corretamente o treino ideal. Por isso, o indicado é sempre realizar uma avaliação física antes de começar a realizar qualquer tipo de exercício físico. Que tal marcar já a sua na Bio?

5 exercícios de baixa intensidade — e como realizá-los:

1- Polichinelo 

Inicie em pé, com os pés juntos e as mãos encostas ao lado das pernas, Realize um salto, afastando os pés e levando as mãos acima da cabeça, e retorne à posição inicial.

2- Polisapato 

Comece com um pé à frente e outro atrás, e os braços posicionados da mesma maneira —porém, do lado oposto (braço direito e perna esquerda à frente, por exemplo). Realize um salto e, então, troque as posições dos membros inferiores e superiores (braço esquerdo e perna direita à frente, por exemplo) e repita o salto.

3- Skipping 

Fique posicionado com um pé no chão e o outro fora com uma flexão de quadril e joelho (o joelho deve estar na altura do quadril). Realize um salto e alterne a perna que está no chão com a perna que está em suspensão. Realize o movimento com um pouco de velocidade e sempre mantenha um pé no chão e o outro fora.

4- Corrida frente e trás

Corra para frente (de 3 a 4 passos) e volte de costas.

5- Deslocamento lateral 

Corra lateralmente (3 a 4 passos) para a direita e volte para a esquerda.

Agora é só marcar seu treino na Bio Ritmo e perguntar para o seu professor se você pode incluir estes exercícios em sua rotina!