6 combinações práticas e simples para o pós-treino

0
1139
o que comer no pós-treino

Veja quais o que comer no pós-treino de acordo com a nutricionista Fúlvia G. Hazarabedian, head do programa Bio Nutri

Depois de uma sessão desafiadora como as do Torq ou do Race, algumas coisas sempre aparecem: a sensação de ânimo, a vontade de tomar aquele banho relaxante… ou até mesmo a fome de leão!

A nutricionista Fúlvia G. Hazarabedian, head do programa Bio Nutri, explica que, nesse período, é interessante priorizar dois macronutrientes essenciais: a proteína e o carboidrato. “Ao repor os dois no organismo, potencializamos a recuperação e o desenvolvimento da musculatura corporal. E isso vale tanto para treinos de hipertrofia, quanto para de resistência ou aeróbicos”, afirma a especialista.

O que conta para atingir seu objetivo (seja ganhar músculos ou emagrecer) é a quantidade de cada alimento que você vai ingerir. Mas, para isso, vale consultar um profissional habilitado, diz Fúlvia.

Leia mais: Jejum intermitente, o que é e quais as suas vantagens

A boa notícia é que geralmente não é preciso investir em suplementos e alimentos difíceis de achar. A nutri indica cinco alternativas que você provavelmente tem em casa:

O que comer no pós-treino? 6 combinações práticas e simples

1 – Frango e batata-doce

A clássica combinação traz todos os nutrientes que você precisa para uma boa recuperação: a proteína de alto valor biológico e o carboidrato complexo. Lembre-se apenas de priorizar as partes menos gordurosas do frango (como o peito).

2 – Crepioca (tapioca e ovo)

A mistura é fácil e rápida de preparar: basta bater bem um ovo com um pouco da goma (geralmente uma colher de sopa), temperar e colocar na frigideira antiaderente em fogo baixo. Depois, virar para dourar o outro lado!

3 – Macarrão integral e carne moída

Já essa sugestão cai bem quando você precisa almoçar ou jantar depois do treino. Mais uma vez, opte pelas carnes com menos gordura (patinho, por exemplo).

4 – Pão integral e queijo magro

Outra opção que não dá trabalho nenhum. O queijo branco é ótimo para colocar no lanche, e contém menos calorias quando comparados aos amarelos.

5 – Iogurte e granola

Essa é para quem sente vontade de um docinho depois de suar muito. Aposte nos iogurtes naturais e tome cuidado com a granola: algumas versões são ricas em açúcares.

6 – Arroz, feijão e cogumelos

Os veganos também não poderiam ficar de fora. E não há nada melhor do que o tradicional arroz com feijão: eles concentram aminoácidos essenciais e diversos minerais. Já os cogumelos possuem boas doses de proteína e fibras.