7 dicas para emagrecer de forma saudável

0
704
emagrecimento saudável

Se você deseja alcançar um emagrecimento saudável, já deve saber que não existe mágica: é preciso combinar uma boa alimentação com exercícios físicos (além, é claro, de noites bem dormidas!). 

Quando falamos em emagrecer, é preciso levar em consideração que cada organismo é único, sendo imprescindível identificar o que é melhor para cada pessoa. Para isso, uma consultoria alimentar personalizada de acordo com seus objetivos e necessidades, realizada pelo nosso time de nutricionistas, é a melhor escolha. A consulta se adequa à sua disponibilidade, pois pode ser feita de forma online ou presencial, nas unidades. Que tal marcar já a sua clicando aqui?

Mesmo assim, existem algumas dicas que podem — e devem! — ser seguidas por todos que estão na busca do emagrecimento saudável. A nutricionista Fúlvia Hazarabedian, head da plataforma de nutrição Bio Nutri, nos contou todas elas…

Dicas para um emagrecimento saudável

1 – Beba água

Fracionadamente, durante todo o dia. A maior parte do nosso corpo é composta por água – cerca de 60% do peso corporal total é composto por ela. Sendo assim, não é de se espantar que o líquido tenha funções essenciais em nosso organismo (veja aqui por que você deveria beber mais água).

No processo do emagrecimento saudável, beber água ajuda na sensação de saciedade. Além disso, a falta do líquido pode te dar vontade de comer doces!

2 – Evite comer as chamadas “besteiras”

Não tem jeito: para emagrecer, ainda mais de maneira saudável, é preciso, sim, fugir de doces, frituras, bebidas alcóolicas, farinhas brancas, industrializados, fast-foods etc. “Eles realmente são calóricos e não fornecem benefícios nutricionais. Além disso, alteram reações fisiológicas. Ou seja: vão na contramão da redução de peso”, explica Fúlvia.

3 – Invista nas fibras

As fibras dos alimentos promovem sensação de saciedade, o que por si só ajuda na perda de peso. 

Mas, além disso, elas ajudam a manter a saúde em dia, já que auxiliam no aumento da defesa do organismo, na regulação do intestino, no controle do açúcar do sangue e na diminuição do colesterol. A Organização Mundial da Saúde recomenda a ingestão diária de 25g de fibras.

4 – Priorize a saúde, não o gasto calórico

A escolha consciente dos alimentos vai muito além do valor calórico. É claro que as calorias contam, afinal, para perder peso, precisamos ingerir menos delas do que gastamos.

“No entanto, a escolha pela qualidade, ou seja, pelos benefícios nutricionais, deve prevalecer. Escolha bem e não exagere nas quantidades”, diz a nutricionista.

5 – Motive-se!

Seja focado: seu objetivo final é o maior fator motivacional nesse processo. Faça por você!

(E aqui temos dicas para você se manter motivado nos treinos 😉 )

6 – Foque no que é possível

Não fique pensando naquilo que não pode comer, mas sim nos tantos outros alimentos que você pode — e que, além de tudo, fazem bem para a sua saúde. 

Em vez de se sentir limitado, pense que você tem o poder de fazer escolhas conscientes!

7 – Tenha bons hábitos de vida

A alimentação é responsável pela base da saúde, mas não caminha sozinha. “Ter bons hábitos de vida também significa praticar atividade física regularmente, ter um olhar positivo ante as adversidades, ter tempo para cuidar de si, ter um hobby, estar aberto a ‘se’ mudar, ser resiliente, adquirir autoconhecimento, saber parar quando necessário e sempre seguir em frente, de forma leve e feliz!”, finaliza Fúlvia.