5 hábitos que farão você se apaixonar pela atividade física

0
463
Dicas de treino para iniciantes

Começar algo novo é um processo. Mas estas dicas de treino para iniciantes deixarão a prática mais divertida — e segura. Vamos juntos nessa?

A jornalista Elisângela Carreira (@elisangelacarreira) é apaixonada por exercícios físicos — mais especificamente pela musculação. Ela conta que, desde jovem, sempre teve interesse em descobrir sobre as sessões de força, e nunca foi à academia por obrigação. “Foi amor à primeira vista, mesmo”, brinca.

Contudo, nós sabemos que nem todo mundo nasce gostando de movimentar o corpo. Para alguns, pegar o jeito pode demorar um pouco. Pensando nisso, perguntamos à repórter o que fazer para tornar a atividade física mais prazerosa. Veja, a seguir, o que ela respondeu:

5 dicas de treino para iniciantes

1 – Entenda por que você está fazendo isso

Fazer os exercícios apenas porque o personal mandou pode tornar a aula monótona — e você sem entender nada. Perguntar os benefícios de cada movimento, por que o profissional indicou e qual a lógica por trás das quantidades de séries e repetições vai te deixar por dentro do processo.

E Elisângela conta que isso pode aumentar o seu interesse pela sessão. “Eu sempre coloco a curiosidade para funcionar.”

2 – Experimente modalidades diferentes (mais de uma vez)

Sabe quando afirmamos não gostar de uma verdura sem sequer darmos uma chance a ela? Nos treinos, funciona mais ou menos assim: não adianta falar que você não curte uma modalidade se só fez uma aula!

A jornalista recomenda escolher uma prática e testar algumas vezes, em diferentes situações — sozinho(a), na sala online, em dias de mais disposição… Se perceber que aquilo não é mesmo para você, vale procurar outro esporte. Opções não faltam!

3 – Pegue leve no começo…

A gente sabe que a sensação de ter suado bastante é muito boa. Mas nada de exageros — eles provocam o efeito contrário e podem te deixar sem vontade nenhuma de ir à academia.

“Respeite os limites do seu corpo. Se você perceber que o treino está leve demais para você [outra questão que pode acabar com a motivação], peça ajuda do professor para aumentar a carga ou a frequência das aulas”, aconselha Elisângela.

4 – …E descanse!

Recuperação também faz parte do treinamento, viu? “Já fui de malhar seis vezes na semana. Mas percebi que meu rendimento e meus resultados caíram bastante nessa época”, diz a jornalista.

Os exercícios precisam melhorar a sua disposição, e não deixar você ainda mais cansado(a) durante a semana.

5 – Coma bem

Muita gente, ao começar a treinar, resolve adotar também alguma dieta — e corta um monte de itens do cardápio. “A restrição alimentar sem acompanhamento deixa a gente de mau humor e com vontade de desistir.”

Ela conta que prefere fazer o contrário: em vez de proibir alimentos, acrescenta ingredientes saudáveis no seu dia a dia. “Inclua mais água, verduras, frutas e legumes na rotina. Quando perceber, vai estar comendo menos guloseimas e deixando a pizza, por exemplo, só para o fim de semana”. Se fizer isso com a ajuda de um nutricionista, então, vai ser bem mais seguro e fácil!