Bebeu demais? Saiba por que você não deve treinar de ressaca

0
482
treinar de ressaca

Que atire a primeira pedra quem nunca bebeu demais e ficou se sentindo péssimo no dia seguinte, não é mesmo? Mas, se você acha que deve ir treinar de ressaca para se recuperar da bebedeira, está muito enganado!

Antes de mais nada, vamos entender o que uma noite regada a bebidas alcoólicas faz com nosso organismo. O álcool potencializa a queima de carboidratos e provoca perda de liquido, podendo levar à desidratação —tá explicado o motivo de sentirmos tanta sede!  Os outros sintomas você (provavelmente) já conhece: enjoo, dor de cabeça, náusea…

Treinar de ressaca? Nem pensar!

O desgaste causado pela ingestão de bebida alcoólica precisa ser resolvido. “O treino pode aumentar a sensação de cansaço e fadiga, além de piorar a perda de líquidos corporais, e será comprometido”, afirma o Dr. Páblius Staduto Braga, médico especialista em Medicina do Esporte pela SBMEE/AMB.

Fazer exercícios de alta intensidade para suar, pensando que isso ajudará a eliminar o álcool com mais facilidade e a recuperação sera mais rápida, é outro engano, já que na verdade poderá aumentar o quadro de desidratação do corpo. “Isso prejudica a reposição de glicogênio dos músculos (que são uma espécie de ‘tanque de combustível’ da musculatura) e intensifica a perda de nutrientes e minerais”, explica Diego Villalobo, gerente técnico da Bio.

Por isso, ambos concordam que o mais interessante é realizar repouso, se reidratar, se alimentar bem e, então, só depois de recuperado dos sintomas da bebedeira, retornar aos treinos.

Hidratação é a chave

Para se recuperar da ressaca, a hidratação corporal é a solução. Quem garante é a nutricionista Fúlvia Hazarabedian, head da plataforma de nutrição Bio Nutri. “Outro fator importante é recuperar o fígado e amenizar o impacto do álcool na mucosa estomacal, bebendo água e/ou água de coco, comendo frutas in natura ou bebendo sucos naturais sem açúcar e sem coar, assim como compostos e shots, que associam outros ingredientes funcionais”.

E, para te ajudar nos dias em que exagerar na bebida, Fúlvia nos passou algumas receitas de sucos e shots que farão sua recuperação ser mais rápida e menos incômoda. Tome nota:

Suco de abacaxi com maçã e gengibre

Ingredientes

  • 4 rodelas de abacaxi 
  • 1 maça sem sementes
  • 2g de gengibre (1 pedacinho)

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva gelado.

Suco hidratante

Ingredientes

  • 1 raminho de hortelã
  • 200 ml de água de coco

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes e sirva gelado.

Shot de limão

Ingredientes

  • 1/2 limão espremido
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1 pitada de cúrcuma em pó

    Modo de preparo

Bata todos os ingredientes e sirva gelado.

Suco de abacaxi e salsa

Ingredientes

  • 2 fatias de abacaxi
  • 1 colher de sopa de salsa

Modo de preparo

Bata os ingredientes com água e sirva gelado.

Shot recuperação

Ingredientes

  • 1/2 limão espremido
  • 1 folha de couve
  • 1 pitada de cúrcuma em pó 

Modo de preparo

Bata os ingredientes com um pouco de água e sirva gelado/fresco.

Alimentos gordurosos x ressaca

Você já deve ter ouvido por aí, até mesmo de algum amigo, que a saída para se recuperar de uma ressaca é comer alimentos bastante gordurosos. Mas isso não poderia estar mais distante da verdade.

“Alimentos gordurosos dificultam a digestão e a rápida recuperação da energia corporal. O ideal é ingerir alimentos leves, como carboidratos e proteínas de mais fácil digestibilidade”, diz o Dr. Páblius.

Os melhores alimentos para combater a ressaca

Além das receitas das bebidas, Fúlvia nos passou uma lista com os melhores alimentos para te ajudar na recuperação dos sintomas da ressaca. Você pode usar e abusar da sua imaginação e adicioná-los em sopas, saladas, sucos, etc….

Gengibre

Possui ação antiemética (combate sintomas como enjoo, náuseas e vômitos), anti-inflamatória e desintoxicante, o que ajuda a melhorar o desempenho do sistema digestivo.

Água de coco

O álcool tem ação diurética e faz a pessoa perder muito potássio e sódio. Além de hidratar, a água de coco repõe esses minerais.

Hortelã

Auxilia na melhora da digestão e no alívio de dores estomacais.

Canela

Ajuda a melhorar transtornos digestivos e tem ação anti-inflamatória

Cúrcuma 

Melhora a digestão, desintoxica e trata o fígado

Aveia, ovo, lentilha

Esses alimentos são fontes de cisteína, que juntamente com outros cofatores produzem a glutationa, um potente antioxidante que é essencial para neutralizar os efeitos da ressaca.

Folhas verde escuras

Digestivas, possuem efeitos detoxificante e são fonte de magnésio (que ajuda na produção de glutationa).

Banana

Fonte de minerais, carboidratos e combate a azia

Limão

Potente digestivo, melhora os principais efeitos da ressaca.

Veja também essa deliciosa receita de shot digestivo preparado pela Fúlvia: